Educação

Flagrante na Praia!

Hoje fui à Praia de Manguinhos com meu rebento. Observador atento ao que me rodeia, vi que, no período em que estávamos lá, passaram uns 30 homens vendendo picolé, fora os que vendem milho, etc.

Diferentemente do que ocorria há 20 ou 25 anos, apenas homens na faixa dos 40, 45, 50 anos estão vendendo picolé.

Poderíamos deduzir que os jovens estão estudando. Mas estamos no período de férias. E mesmo no período escolar, há um número absurdo de jovens que não querem estudar nem trabalhar. Segundo o professor Mozart Neves, no Brasil, cerca de 1 milhão de jovens de 15 a 17 anos estão fora da escola e do mundo do trabalho. É a chamada geração “nem-nem”. Se considerarmos a faixa de 15 a 29 anos, são cerca de 11 milhões. Isso equivale a três países do tamanho do Uruguai.

Deduzo que esta seja a geração da preguiça. 

Pior: jovens que mandam nos pais. São pequeno tiranos numa pátria chamada “casa dos meus pais”. Jovens que têm a receita para “mudar o mundo”. Mas ultrapassam os 30 anos sem ter coragem de sair da casa dos pais. Ou seja, o mundo real lhes assombra. Ou seja, são antes de tudo covardes!

Como ex-vendedor de picolé e eterno estudante, saúdo o trabalho e o conhecimento como indispensáveis à vida, ao amadurecimento, ao senso de responsabilidade. Enfim, à nação e à própria ideia de civilização!

Não desejo uma pátria de vendedores de picolé. Mas, principalmente, não desejo uma pátria de preguiçosos. Faltam milhões de postos de trabalho no Brasil. Mas sobram vagas na escola pública. Uma escola ruim é melhor que uma não escola. E vender picolé ajuda a edificar uma consciência cidadã, que valoriza o trabalho e a independência financeira.

Portanto, imagino que um país em que um número tão grande de jovens fogem do trabalho e da escola não reserva um futuro animador.

5 Comentários

  1. I just want to say I’m beginner to blogging and site-building and truly loved you’re web blog. Most likely I’m going to bookmark your blog post . You really come with exceptional article content. Cheers for sharing with us your website page.

  2. I understand that is truly dull and you’re missing to the next remark, however i simply desired to throw a large many thanks – a person solved some things personally!

  3. Spot on with this write-up, I truly think this web site needs far more consideration. I’ll in all probability be once more to learn way more, thanks for that info.

  4. Whatever the scientists aren’t thinking about Ataşehir kurye and in what way it can affect you.

  5. Kurye olarak hizmet veren kişiler, bulundukları lokasyondaki her adrese en kısa sürede ulaşma yolunu bilirler. Üstelik verilen bu görevi hava, trafik ve buna benzer diğer olumsuz şartlardan etkilenmeden yerine getirirler. Yani iş hayatı başta olmak üzere hayatın hemen her alanında önemli görevleri üstlenebilir ve başarıyla yerine getirebilirler. Özellikle büyük şehirlerdeki trafik kaosu ve adres konusundaki karmaşa göze alınırsa, kurye hizmetlerinden faydalanmanın bazı durumlarda zorunlu hale geleceği anlaşılabilir. Örneğin İstanbul’un bir noktasından diğer bir noktasına acil şekilde önemli bir evrak ulaştırmak gerektiğinde ya da hastanızın ihtiyacı olan ilacı acil ve güvenli bir şekilde ulaştırmak gerektiğinde, İstanbul moto kurye hizmetimizden faydalanarak sorununuza çözüm üretebilirsiniz.

Deixe uma resposta