Política do Espírito Santo

Hartung: os herdeiros, as viúvas, os órfãos e o futuro!

Em política não existe espaço vazio. Mas há os que se pretendem eternos e insubstituíveis. Em geral, trata-se de uma ilusão nascida da convivência permanente com sabujos, que fazem do servilismo voluntário um refrigério psicológico, além de um mecanismo de garantia de algum espaço nas cercanias do poder.   

Em política não existe espaço vazio. Mas um gigante nascido lá nos arredores do Caparaó pensa diferente. Hartung sempre se pretendeu acima dos mortais. Mas um correr de olhos sobre sua trajetória indica a prevalência do oportunismo como método.

Por afinidade, é claro que o candidato de Hartung à presidência será Alckmin. Mas o gigante de Guaçuí não esperava que o chuchu paulista fosse aglutinar em torno de si um conjunto de forças políticas tão expressivo. O oportunismo não é expressão de uma consciência republicana. Sim, Hartung errou feio. Se candidato, seria derrotado. Mas, numa eventual vitória do chuchu, poderia ser catapultado à política nacional em algum ministério do segundo escalão do governo.

Qualquer observador desapaixonado sabe que Alckmin já é favorito. Inclusive, porque o presidiário mais importante do Brasil não será candidato, a despeito dos fieis de sua igreja na imprensa desejarem muito.

Volto ao gigante.

Hartung ouviu André Garcia, um homem que sabe menos sobre a PMES que o próprio Hartung, que já não sabe muito. O resultado foi uma paralisação “inesperada”. Para cicatrizar as feridas, inventou-se a chamada “reestruturação da PMES”. Entre outras genialidades, os gênios palacianos resolveram abolir a existência da prova intelectual de acesso à graduação de Cabo, justamente uma conquista havida no governo do gigante. Ou seja, o mérito intelectual passou a ser validado por um desempenho pretérito, em cuja circunstância o então “aluno soldado” sequer imaginava que isso fosse acontecer. Resta a hipótese de que não estavam dispostos a ajudar Hartung. Mas não foi só isso. Isso é parte da explicação da desistência de Hartung em concorrer ao quarto mandato.

Fora da disputa, o gigante de Guaçuí abandonou a arca com seus animais políticos em alto mar. Não é o papel que se espera nem do prefeito de Arapiraca. O preço será alto. O capital político do gigante agora se dilui. E seu retorno à cena política capixaba depende mais da generosidade de algum medalhão da política nacional que de suas próprias forças. Fonseca Júnior, um homem de refinada inteligência, foi claro ao dizer que “um líder tem que liderar”. O recado não foi ouvido. Ou seja, o grupo de Hartung sempre foi ele mesmo.

O capital político que agora se afasta de Hartung vai buscar abrigo nas forças emergentes da política capixaba. Casagrande, se realmente eleito, estará à frente dos demais.

Com o início do fim político de Hartung, emergem algumas figuras cuja ascendência já vinha se edificando, destaque para Luciano Rezende. Luciano Rezende se destaca principalmente por ser prefeito da capital e deter o controle sobre seu partido, o PPS.

Outras duas figuras fortes são Max Filho e Sérgio Vidigal. Max Filho não é bicho originário da “Arca de Hartung”. Longe disso. Já Vidigal deve ser candidato a prefeito da Serra em 2020 e se reinserir no âmbito estadual. Também a seu favor consta a força partidária. Essa é uma dificuldade de Max Filho. A depender de uma reforma eleitoral, isso pode mudar completamente de figura. Esses três saem fortalecidos.

As viúvas de Hartung são muitas. São aqueles que, sem Hartung, lançar-se-ão à procura de um novo amor. Mas como o amor por Hartung não era tão forte, já se declaram apaixonadas por Casagrande. Não houve nem luto!

Os órfãos também estão em grande número. Merece destaque o senhor André Garcia.  A ele caberá a tarefa de defender o legado de Hartung em Segurança Pública. Não apenas a ele, claro. Há outro também, que está a caminho do merecido esquecimento.

E quanto ao futuro?

Bom, isso é conversa para outro post.   

   

 

10 Comentários

  1. Thanks a lot for sharing this with all of us you actually recognise what you are speaking about!
    Bookmarked. Please additionally visit my website =).
    We may have a hyperlink change arrangement between us

  2. I’m gone to convey my little brother, that he should also pay a visit this
    webpage on regular basis to get updated from newest news update.

  3. These are in fact wonderful ideas in about blogging. You have touched some good things here.
    Any way keep up wrinting.

  4. Hi there! This post couldn’t be written any better! Reading through this post reminds me of my previous room mate! He always kept talking about this. I will forward this article to him. Pretty sure he will have a good read. Thank you for sharing!

  5. Its such as you read my thoughts! You seem to grasp a
    lot about this, such as you wrote the e book in it or something.
    I believe that you simply can do with a few % to force the message house a bit, however instead
    of that, this is fantastic blog. An excellent read. I will definitely be back.

  6. If you desire to get a good deal from this piece of writing then you
    have to apply these methods to your won web site.

  7. Since the admin of this web site is working, no hesitation very
    soon it will be well-known, due to its quality contents.

  8. Hi there this is somewhat of off topic but I was wanting to know if blogs use WYSIWYG editors or if
    you have to manually code with HTML. I’m starting a blog soon but have
    no coding experience so I wanted to get advice from someone with experience.
    Any help would be enormously appreciated!

  9. No matter if some one searches for his essential thing,
    therefore he/she desires to be available that in detail, so
    that thing is maintained over here.

  10. Saved as a favorite, I love your web site!

Deixe uma resposta