Política Nacional

A ingratidão de Magno Malta!

Magno Malta é um político ingrato. Pelo menos é minha impressão. Explico-me. O quase ex-senador não consegue perceber o bem que o Presidente Bolsonaro lhe estar fazendo ao não permitir que Magno Malta vire ministro. Sim. Bolsonaro está poupando Malta de constrangimentos.

Imagine uma reunião ministerial em que um ministro como Sergio Moro vai discorrer sobre as ações estratégicas para rastrear os recursos de organizações criminosas como forma de atingir o coração financeiro do crime organizado? Enquanto isso, Magno Malta ficaria em silêncio.

Imagine Paulo Guedes debulhando argumentos técnicos sobre a macroeconomia, expondo riscos e possibilidades do governo, num cenário em que o déficit da previdência impõe uma reforma que “corte na carne” para não fazer sangrar o futuro? Enquanto isso, Magno Malta ficaria em silêncio.

Imagine o Ministro Ernesto Araújo (das Relações exteriores) apresentando a importância do multilateralismo, dos cuidados com o poderio da China, a necessidade de comercializar com o mundo, inclusive o árabe? Enquanto isso, Magno Malta ficaria em silêncio.

Imagine o Ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) apresentando a necessidade de o Brasil investir pesado em educação para vencer o atraso tecnológico, que condena o país a ter no agronegócio quase uma tábua de sobrevivência para a balança comercial? Enquanto isso, Magno Malta ficaria em silêncio.

Imagine um ministro chegar a uma reunião ministerial com a camisa “criança nasceu para ser amada e não para ser abusada”, como se alguém, além do estuprador, fosse a favor da violência contra as crianças. Imagine ainda um ministro fazendo do seu próprio corpo uma espécie de outdoor ambulante a denunciar, com suas camisas pretas, “o erro médico”, “o narcotráfico”, a necessidade de “redução da maioridade penal”. Não faria o menor sentido! 

Resta evidente que Bolsonaro gosta muito de Magno Malta. Gosta tanto, que está poupando o amigo de entrar em reuniões nas quais (com todo o respeito!) o nobre parlamentar não teria condições alguma de intervenção em qualquer dos temas.

Portanto, Magno Malta deveria agradecer a Bolsonaro. Afinal, nunca na história do Brasil um pagodeiro gospel chegou tão próximo de se tornar ministro. E só não se tornou por absoluta incapacidade para o exercício da função. Mesmo assim, teve uma assessora prestigiada com a escolha. Portanto, Bolsonaro não é ingrato. Ingrato é Magno Malta, que não percebe o cuidado que o presidente está demonstrando para com ele e principalmente com o Brasil!

2 Comentários

  1. luzinetemigueldossantos

    Li todos os seus comentários recentes. Gostei.

  2. Kurye olarak hizmet veren kişiler, bulundukları lokasyondaki her adrese en kısa sürede ulaşma yolunu bilirler. Üstelik verilen bu görevi hava, trafik ve buna benzer diğer olumsuz şartlardan etkilenmeden yerine getirirler. Yani iş hayatı başta olmak üzere hayatın hemen her alanında önemli görevleri üstlenebilir ve başarıyla yerine getirebilirler. Özellikle büyük şehirlerdeki trafik kaosu ve adres konusundaki karmaşa göze alınırsa, kurye hizmetlerinden faydalanmanın bazı durumlarda zorunlu hale geleceği anlaşılabilir. Örneğin İstanbul’un bir noktasından diğer bir noktasına acil şekilde önemli bir evrak ulaştırmak gerektiğinde ya da hastanızın ihtiyacı olan ilacı acil ve güvenli bir şekilde ulaştırmak gerektiğinde, İstanbul moto kurye hizmetimizden faydalanarak sorununuza çözüm üretebilirsiniz.

Deixe uma resposta